Letreiro famoso de Amsterdã é substituído em protesto pela preservação da Amazônia

A escultura foi colocada pelo Greenpeace como uma forma de protesto e chamar a atenção para a maior floresta tropical do mundo, no Brasil.

Um protesto da ONG Greenpeace colocou o letreiro gigante que ficava em frente ao Museu Nacional de História e Arte dos Países Baixos, o Rijksmuseum, em Amsterdã, na Holanda. Entretanto, a mensagem agora foi alteradas para exibir a “IAMazonia” em um ato para chamar a atenção para a preservação da floresta.

De acordo com o Greenpeace, I amazônia é uma expressão de solidariedade aos povos da floresta e aos enfrentamentos que eles fazem às grandes corporações, que desmatam, poluem e esgotam seus recursos irresponsavelmente. A organização questiona ainda as recentes medidas do governo, que prometem intensificar ainda mais a exploração desenfreada da Amazônia para dar lugar à agricultura industrial, pecuária, mineração e extração de madeira. “A expansão destas atividades está diretamente relacionada à violência contra as comunidades locais e à invasão e apropriação ilegal de seus territórios”, diz o Greenpeace. A ONG espera que todos tirem fotos no painel e compartilhem com a hashtag #Iamazonia.

Foto: Marten van Dijl | Greenpeace

E você, o que achou desse tipo de conscientização?

Inscreva-se no canal para saber mais novidades do mundo – clique aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *